Monthly Archives: agosto 2012

Os Passarinhos na Bienal!

Olá, Piantes!

Entre uma corrida contra o tempo para terminar o roteiro de “Da Terra à Lua” (cheguei na página 46 de 72), deixo aqui duas dicas interessantes para quem quiser me ver neste final de semana (dias 18 e 19) na Bienal do Livro de SP.

Estarei no estande 69, da editora Vermelho Marinho , vendendo meus livros e conversando com os leitores. Apenas em dois horários específicos vocês me encontrarão no estande da Biblioteca Nacional:

Sábado, 10h30
Vou bater um papo com quem estiver por lá sobre “Quadrinhos para todos”.

Domingo, 15h
O tema será “Como dar medo nos dias de hoje”.

Lembrando que todos os itens do estande da Vermelho Marinho estão na promoção, então se você não tem A Corrente, Os Passarinhos 1 e 2 ou O Livro dos Gatos, apareça lá e garanta o(s) seu(s)!

Para matar a saudade, segue uma sequência de tirinhas do Hector na Bienal do Livro!

Até lá! :)

Finalmente saiu: Pequenos Heróis nos EUA!

Olá, Piantes!
Ontem olhando a página do Facebook da editora 215 Ink tive uma notícia já aguardada, mas que mesmo assim não deixou de ser maravilhosa:
A versão americana de Pequenos Heróis já saiu de gráfica!

É uma grande emoção, pois o mercado americano conhece muitos artistas brasileiros, mas infelizmente poucos roteiristas conseguem chegar lá, salvo por material autoral.

Agradeço desde já aos artistas que deram cara aos meus roteiros:  O parceiro Mário César, que está nessa desde o começo e ajudou a selecionar os artistas e ilustrou “Superbro”, a primeira história que criei para o projeto; ao Davi Calil, que fez a maravilhosa capa, ao Anderson Nascimento, que fez as ilustrações “subcapas”; E aos artistas Leo Finocchi, Emerson Lopes, Vitor Cafaggi, Ric Milk, Dandi,  Jaum, Fernanda Chiella e Raphael Salimena, que desempenharam tão bem o trabalho que lhes foi confiado.

Obrigado e vamos torcer pelo sucesso na gringa!

EM TEMPO:

Estarei na Bienal do Livro de SP dias 18 e 19, de “plantão” no estande 69,  da Vermelho Marinho, assinando os meus livros.
Além disso, falarei em dois horários no estande da Biblioteca Nacional (veja a programação completa aqui):
No sábado, às 10h30 falarei sobre “Quadrinhos para todos”;
E no domingo, às 15h, fechando a programação do estande, falarei sobre “Como dar medo nos dias de hoje”.

Até lá!